Superação nas horas difíceis

Para celestes, pontos fortes da equipe são a tranquilidade e a concentração no objetivo

iG Minas Gerais | Débora Ferreira Bruno Trindade |

SAMUEL AGUIAR / O TEMPO
Experiência. Para o goleiro Fábio, time tem que manter a calma e conter a ansiedade na reta final
Cada dia mais perto de se sagrar o campeão brasileiro, o Cruzeiro não se deixou abater por tropeços na temporada e usou o poderio de reação rápida para embalar no Brasileiro e se distanciar cada vez mais dos outros clubes. A atitude foi crucial para fazer com que o time tenha a possibilidade de ganhar o Brasileirão antecipadamente, daqui a duas rodadas, diante do Grêmio. Depois de uma campanha brilhante no Campeonato Mineiro, o Cruzeiro acabou derrotado pelo Atlético no primeiro jogo da final, e apesar de vencer o jogo da volta, não conseguiu levar o título. Mas logo na primeira rodada do nacional, os celestes mostraram que o trabalho continuava sério: golearam o Goiás por 5 a 0, no Mineirão. A primeira vez que a Raposa perdeu no Brasileiro foi para o Botafogo, por 2 a 1, e imediatamente, na partida seguinte, a reação veio, e os cruzeirenses bateram o Corinthians por 1 a 0, em Belo Horizonte. Já na 14ª rodada, quando ocupava o posto de primeiro lugar, o Cruzeiro se viu surpreendido pelo Grêmio, em Porto Alegre, e chegou até a perder a liderança para o tricolor gaúcho. Três dias depois, os celestes não perderam tempo e deram uma goleada no Vitória por 5 a 1. A eliminação precoce na Copa do Brasil foi uma das derrotas mais sentidas pela equipe. O time mineiro havia vencido o Flamengo, nas oitavas de final, por 2 a 1, e precisava apenas de um empate para se garantir na próxima fase. Mas, no Maracanã, após muita polêmica, os rubro-negros venceram por 1 a 0 e eliminaram o Cruzeiro. Como tinha o objetivo de vencer a copa, a Raposa demonstrou muito abatimento antes de enfrentar o Vasco, no Mineirão. Mas, empurrado pela torcida, o time marcou o segundo gol mais rápido do campeonato, aos 31 segundos do primeiro tempo, e saiu com o resultado de 5 a 3. “Temos que saber manter a tranquilidade. Não adianta perder a tranquilidade e jogar fora todo o trabalho que foi realizado durante a semana, não adianta perder o foco. Temos que saber que temos uma equipe muito boa, com condição de superar as dificuldades que aparecerem. Acho que manter a tranquilidade e o foco são fundamentais para sairmos dessas situações difíceis”, afirmou o capitão e goleiro Fábio.        

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave