A voz da Massa

iG Minas Gerais |

Saudações alvinegras! Gostei muito da entrevista coletiva de Cuca depois do jogo contra o Botafogo. Ele mostrou toda a responsabilidade com que está encarando a disputa do Mundial de Clubes, e não deveria ser diferente. Cuca está coberto de razão ao cobrar dos jogadores que eles encarem esses sete jogos restantes do Brasileirão com total comprometimento,mesmo que o título já não seja possível. Esses jogos servirão para decidir quem terá lugar na equipe titular que vai ao Marrocos. Eu não acho que os jogadores estejam com má vontade nessa fase final do Brasileirão, ainda que diante da conjuntura da competição, mas sei muito bem que existem atletas que funcionam melhor sob pressão. Assim, eu achei bastante válido o jeito de Cuca falar em tom de cobrança à equipe. É isso aí, Cuca, chama essa rapaziada na responsa, porque aquela taça tem que ser nossa!   Avacoelhada O Coelhãozinho sub-17 foi derrotado duas vezes no hexagonal do Mineiro. Perdeu os dois clássicos contra o rival Atlético. Justamente seis pontos separam um clube do outro. Filipinho teve participação decisiva ao marcar os dois gols das vitórias atleticanas. O segundo em cobrança de pênalti duvidoso. Típico lance que não é marcado a favor do América. Filipinho, ex-atleta federado do juvenil americano, possuía instrumento particular de formação, bolsa auxílio e havia assinado uma promessa de compromisso e protocolo de intenções, em que se comprometia a celebrar um contrato de trabalho com o América, pelo prazo de cinco anos, a partir de 2012. Embora exista uma comissão de ética na CBF, a fim de evitar transferências sem autorizações dos clubes formadores, Filipinho e Gustavo foram aceitos pelo Atlético sem a liberação do América. A voz Celeste   Há uma semana, todos estavam preocupados porque o maior de Minas havia perdido três partidas em quatro disputadas. Agora, os mesmos que estavam apreensivos estão comemorando os 12 pontos na frente do segundo colocado. Coisas inexplicáveis do futebol, que te leva do céu ao inferno em segundos e vice-versa. A fase é tão boa que o meia Ricardo Goulart pode reaparecer contra o Grêmio, devido a uma melhora significativa que teve da contusão na panturrilha. Comissão técnica e jogadores se reapresentaram ontem, e a ordem é trabalhar muito para enfrentar o Santos. A torcida sempre quer mais: se vencermos Santos e Grêmio,podemos ser o único clube na era dos pontos corridos a bater todos os adversários. Vamos atrás de mais esse recorde. Meus sentimentos para a família de Santiago Coura, fiscal da FMF, que foi mais uma vítima da violência urbana.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave