Motivado, UFJF recebe Minas

Mesmo sabendo das limitações, time do interior acredita ser possível sair com resultado positivo

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Divulgação/UFJF
No embalo. UFJF na vitória contra o Montes Claros Vôlei
UFJF e Vivo-Minas jogam hoje, às 20h, em Juiz de Fora, pela Superliga masculina de vôlei. Apesar de o jogo ser válido pela primeira rodada, as equipes chegam para a partida com, no mínimo, três jogos disputados. O jogo de abertura acabou sendo adiado pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), e o que era para ser a estreia será uma oportunidade de somar mais uma vitória na competição. A equipe da casa chega de vitória sobre o Montes Claros Vôlei, a primeira na competição, após três derrotas. Já o Minas perdeu na rodada anterior, em Campinas, para o Brasil Kirin-SP, resultado que se somou a duas vitórias conquistadas no início da competição. Horacio Dileo, técnico do Minas, analisou o rival de hoje. “Dentro de casa, eles são ainda mais fortes. O treinador Chiquita sabe usar bem todo o elenco, que costuma dar trabalho. A UFJF é sempre uma equipe complicada de vencer, principalmente em seus domínios”, comenta o técnico do time da capital. Depois de não poder contar com a presença do central Henrique, na última rodada, em função de uma gastroenterite, Horacio terá o retorno do central, que deve fazer dupla com Otávio. Porém, dois desfalques são certos. Outro central, o sérvio Bjelica machucou o tornozelo, enquanto o oposto tcheco Filip, com lesão no joelho, ainda não estreou no campeonato. A UFJF espera aproveitar os desfalques e conseguir a segunda vitória dentro de casa. “Temos que tentar tirar proveito dessa situação. Temos jogado bem em casa, vencemos o último jogo e perdemos o primeiro para o Sesi, no tie-break. Foi uma partida complicada, chegamos a abrir 5 a 1 no quinto set. Essa última vitória nos deu motivação e pode trazer o torcedor para o nosso lado”, prevê o central Jardel. As surpresas que aconteceram na última rodada da Superliga Feminina, no começo da semana, motivam o time a surpreender o Minas hoje. “Essa regra de sets com 21 pontos, que a CBV está tentando empurrar goela abaixo, deixa alguns times de menor investimento mais perto das vitórias, principalmente quando oportunidades são dadas pelos adversários. Temos que entrar com tudo em busca dessa vitória. É possível vencer o Minas”, garante Jardel.      

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave