Câmara precisará de mais R$ 3 milhões

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

Com o alto custo com pessoal, a Câmara de Vereadores de Nova Lima irá estourar o orçamento de R$ 9 milhões previsto para este ano. Segundo o presidente da Casa, Nélio Aurélio de Souza (PMDB), será preciso enviar um projeto de lei para aumentar em R$ 3 milhões o valor original. A previsão orçamentária no próximo ano deve saltar para R$ 15 milhões. Segundo ele, os gastos com pessoal sobrecarregam as despesas. “O sindicato dos servidores é muito forte. Conquistaram vários benefícios como auxílio alimentação, cesta básica, plano de saúde. Tudo pesa”. Segundo o presidente, o gasto com pessoal hoje representa 3,5% da receita corrente líquida, e o teto é de 6% de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal. “Temos margem para ampliar o gasto, mas o ideal seria diminuir”. Na Câmara de São João del Rei, no Campo das Vertentes, o orçamento previsto para este ano é quase quatro vezes menor, de R$ 2,4 milhões. O total disponibilizado por mês a cada parlamentar é de 525% inferior ao de Nova Lima. (TT)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave