Pinheiros segue invicto na Superliga com vitórias sobre favoritas

Equipe manteve a base da última temporada; último triunfo veio sobre Vôlei Amil, após perder os dois primeiros sets

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

PATRICIA TIMM
Uma das importantes vitórias do Pinheiros foi no clássico paulistano contra o Sesi-SP
Quando a Superliga feminina começou, o nome do Pinheiros-SP passava longe dos favoritos. Apesar do status não mudar muito até aqui, o respeito dos adversários certamente será diferente com o time paulistano, que venceu os quatro primeiros jogos do torneio. Depois de vencer o Barueri na estreia, os últimos jogos reservaram triunfos sobre Banana Boat-Praia Clube, Sesi-SP e Vôlei Amil-SP, três das candidatas ao título nacional. "É sempre uma surpresa ganhar desses times, mesmo sabendo que temos capacidade. A diferença foi que, taticamente, fizemos exatamente o que combinamos. O grupo é muito bom e unido, acho que isso ajuda demais", comenta a central Lara Nobre. O time, que ficou em sexto lugar na última temporada, comemora as vitórias e acredita que uma melhor posição pode ser alcançada neste ano. "Já estamos sonhando alto. Queremos nos classificar muito bem pra fazer um playoff tranquilo lá na frente. Para continuar desse jeito, temos que ter o pé no chão e continuar treinando e trabalhando para conseguir bons resultados. Não podemos deixar essa fase cair, queremos mantê-la daqui pra frente", projeta a jogadora, que defendeu o Mackenzie, de Belo Horizonte, hás duas temporadas. A mais recente vitória veio nesta terça-feira, dentro de casa, para o Vôlei Amil, treinado por José Robert Guimarães. Depois de perder os dois primeiros sets, a equipe mostrou poder de recuperação e conseguiu uma virada histórica o tie-break. Um dos fatores que ajudou para os bons resultados foi a manutenção da base do ano anterior. O time titular conta com três jogadoras que ocupavam a mesma posição na temporada 2012/2013. O técnico Wagão passa confiança para as jogadoras, que mostram assimilar bem os pedidos do comandante. "Ele sempre fala pra termos o pé no chão e cabeça boa. Um dos ensinamentos dele é que se fizermos tudo que combinamos, ninguém vai conseguir ganhar fácil da gente. Ele reforça o fato de jogarmos com alegria", destaca Lara Nobre. O próximo jogo do Pinheiros será no dia 19 de novembro, fora de casa, contra o Minas. Depois disso, o time terá duas pedreiras pela frente: as finalistas do ano passado, Molico-Nestlé-SP e Unilever-RJ.