Ceará aguarda efeito suspensivo para que jogo decisivo seja no Mineirã

Jogador defende que o time não teve culpa nos incidentes causados pela torcida e quer que duelo com o Grêmio aconteça na casa da Raposa

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Washington Alves/VIPCOMM
Ceará retorna às atividades físicas, mas volta aos gramados ainda é uma incógnita
O próximo desafio do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro será o Santos, neste domingo, na Vila Belmiro, pela 32ª rodada, mas o time celeste está com a cabeça no duelo seguinte, contra o Grêmio. E um dos principais motivos é a possibilidade de o jogo não ocorrer no Mineirão por conta da punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O clube celeste foi punido com perda de um mando de campo por conta das confusões armadas por sua torcida no clássico contra o Atlético, no último dia 13 de outubro, no Independência. A Raposa tenta efeito suspensivo para garantir a 'final antecipada' no Gigante da Pampulha. O confronto pode dar o título brasileiro ao Cruzeiro. O lateral-direito Ceará mostrou ansiedade para que o problema seja solucionado, obviamente, esperando que o Cruzeiro consiga manter o jogo contra o Grêmio no Mineirão, sobretudo pelo caráter decisivo que a partida terá, já que se trata da briga do líder com um concorrente direto. “Eu espero que o Cruzeiro possa conseguir essa absolvição para que a gente jogue em casa. Nada melhor e nada mais justo que jogar frente à nossa torcida, no nosso estádio. Infelizmente tem essa situação e nós jogadores não temos nada a ver com isso, porque entramos em campo para jogar, fazer um belo espetáculo e às vezes acontecem imprevistos na arquibancada, o que é lamentável. Mas, aguardamos ansiosamente essa decisão final, esperando que a gente consiga no Mineirão com o Grêmio, porque será uma partida mais que decisiva”, disse. Como estratégia para garantir o jogo no Mineirão, o clube celeste antecipou a venda de ingressos para o duelo com o Tricolor gaúcho, que ocorre já há dez dias. A resposta do STJD referente ao efeito suspensivo solicitado pelo Cruzeiro deve sair até esta quarta-feira.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposamineiraostjdcearalateralefeito suspensivomando de campotorcidagremio