Quase três décadas dedicadas à pintura

iG Minas Gerais | gustavo rocha |

O movimento criado pelas cores, por vezes mais quentes; em outros momentos mais tépidas e calmas é a marca maior do artista plástico Ricardo Homen, que lançará o livro “Monografia”, contando sua trajetória de quase três décadas dedicadas à arte, na AM Galeria de Arte, amanhã às 19h. Além do lançamento, o público também poderá conferir quadros dos últimos três anos. “Eu trabalho muito a cor no espaço por meio de desenhos mais geométricos. As cores vão se opondo o tempo inteiro, uma avança, outra recua. Essas cores vão ganhando um certo ritmo, musical às vezes”, explica Ricardo Homen. Na exposição, que tem curadoria da diretora artística da AM Galeria de Arte, Emmanuelle Grossi, juntamente com o artista, será apresentada uma série de trabalhos nunca exibidos. São duas telas de três metros de altura e 20 pinturas em óleo sobre papel. Voltando no tempo e refletindo sobre todos esses anos dedicados à pintura em Belo Horizonte (Ricardo nasceu e vive na cidade), o artista percebe algumas melhorias, mas com ressalva: “Acho que existe um mercado mais interessante de arte, mais aquecido e melhor estruturado; mas, por outro lado, Belo Horizonte não tem até hoje um museu de arte contemporânea. É impossível ver as obras dos artistas da minha geração. Onde estão expostas as obras do Amilcar de Castro, um artista conhecido no mundo todo, por exemplo? Se você vai ao Rio de Janeiro ou a São Paulo, você encontra expostas todas as obras dos meu contemporâneos. Aqui, não!”, aponta. Agenda O quê. Lançamento do livro “Monografia” e exposição de Ricardo Homen Quando. Amanhã, 19h. Período da exposição: de 30 de outubro até 30 de novembro Onde. AM Galeria de Arte (rua Cláudio Manoel, 155, loja 04, Funcionários)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave