Processo para escolha do novo reitor e vice da UFMG começou nesta terça-feira

Consulta a comunidade acadêmica termina nesta quarta-feira; na última etapa, ministro da Educação indicará o reitor e o vice

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

O processo eleitoral para a escolha do novo reitor e vice-reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) teve início na manhã desta terça-feira (29). Nessa primeira etapa, a comunidade acadêmica será consultada sobre qual candidato indica como sendo o melhor para ocupar os cargos pelos próximos quatro anos. Alunos, professores e técnicos administrativos da UFMG podem votar. No entanto, o peso dos votos dos três é diferentes. O dos professores tem peso de 70% e estudantes e técnicos ficam com 15% cada. Segundo a Comissão Eleitoral da UFMG, são 50 mil possíveis eleitores. O voto não é obrigatório. Nesta terça-feira (29), a votação acontece apenas no Hospital das Clínicas, na região Centro-Sul da capital, até às 20h30. Nesta quarta-feira (30), a consulta acontecerá nos campi da Pampulha, Direito e Saúde em Belo Horizonte, e nos campi de Montes Claros e Diamantina, das 8h às 22h. Concluída a consulta, as informações serão enviadas para o Conselho Universitário, que fará uma lista tríplice, com o nome do candidato mais votado e outros dois nomes a sua escolha. O conselho não precisa respeitar os escolhidos pela consulta. A lista seguirá para o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, que indicará o novo reitor e vice-reitor da UFMG, que pode ser ou não o mais indicado pela consulta a comunidade acadêmica. Três chapas concorrem neste processo. Uma delas é formada pelo candidato a reitor professor Wander Emediato (Faculdade de Letras) e sua vice professora Rosilene Horta (Educação), a outra é composta pelo professor Jayme Arturo Ramirez (Escola de Engenharia) e pela professora Sandra Regina Goulart Almeida (Faculdade de Letras) e a última é formada pelo professor José Nagib Cotrim Árabe (Instituto de Ciências Exatas) e Paulo Sérgio Lacerda Beirão (Instituto de Ciências Biológicas). Elegíveis Apenas os professores da UFMG que não estiverem afastados da instituição podem se candidatar ao cargo de reitor e vice-reitor.

Leia tudo sobre: eleiçãovotaçãoreitorvice-reitorUFMGconsultacomunidade acadêmicaseleção