Lula vai ao Senado e recebe Medalha Ulysses Guimarães

presidente do Senado lembrou em seu discurso que dispositivos da Constituição ainda precisam ser regulamentados mesmo após 25 anos da promulgação da Carta Magna

iG Minas Gerais | da redação |

Antonio Cruz/Agência Brasil
Senado presta homenagem aos 25 anos da Constituição Federal
Em cerimônia que teve direito ao hino nacional na voz da cantora Fafá de Belém, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi homenageado na manhã desta terça-feira, 29, pelo Senado. Ele recebeu a Medalha Ulysses Guimarães, para homenagear os 25 anos da Constituição Federal. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que também recebeu a homenagem, lembrou em seu discurso que dispositivos da Constituição ainda precisam ser regulamentados mesmo após 25 anos da promulgação da Carta Magna. Entre os dispositivos, ele citou a regulamentação do direito de greve do servidor público e a autonomia para o Banco Central fixar mandatos para seus diretores. O peemedebista também fez uma deferência especial aos ex-presidentes José Sarney, Fernando Henrique Cardoso e Lula, esse último por sua "aguda sensibilidade social". O ex-presidente e hoje senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) também seria homenageado, mas não compareceu. FHC, que seria agraciado com a medalha, cancelou sua ida ao evento. Segundo Renan, FHC teve uma diverticulite. Também receberam a homenagem os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Alvaro Dias (PSDB-PR), José Agripino (DEM-RN), Francisco Dornelles (PP-RJ), Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), Luiz Henrique (PMDB-SC) e Paulo Paim (PT-RS), o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), o ministro de Minas e Energia Edson Lobão e o ex-ministro da Defesa, Nelson Jobim, que colaboraram na elaboração da nova Constituição.  

Leia tudo sobre: homenagemmedalhaconstituiçãopresidenteluladeputadossenadores