BMW é condenada a pagar indenização à família de João Paulo ex-dupla de Daniel

Justiça determinou que um defeito no pneu dianteiro do carro dirigido pelo cantor, foi o causador do acidente

iG Minas Gerais | da redação |

O juiz Rodrigo César Fernandes Marinho, da 4º Vara Civil Central, condenou a BMW do Brasil Ltda a pagar indenização de R$300 mil e pensão pela morte do cantor João Paulo, ex-integrante da dupla João Paulo e Daniel. Cabe recurso contra a decisão divulgada. O processo é movido pela mulher e a filha do cantor. João Paulo morreu quando voltava para casa depois de um show na madrugada do dia 12/09/1997 em São Caetano, ABC Paulista. O veículo capotou, invadiu o canteiro central da via e pegou fogo. A justiça determinou que um defeito no pneu dianteiro do carro dirigido pelo cantor, foi o causador do acidente.  

Leia tudo sobre: morteacidenteindenizaçãocarrodefeitopneu