Abel Braga revela que deve assumir o Internacional em 2014: "muito provável"

Comandante já treinou a equipe colorada anteriormente, e conquistou a Libertadores e o Mundial de Clubes

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

DHAVID NORMANDO/PHOTOCAMERA-30.9.2012
Abel afirmou que existe muita identificação entre ele e o Internacional
Abel Braga tem tudo para ser o treinador do Internacional na temporada 2014. Técnico campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes com a equipe gaúcha, ele admite que existe o interesse tanto da parte dele quanto da diretoria colorada para que assuma a equipe no ano que vem, em substituição a Clemer. "Tudo indica, não tem nada certo, que ano que vem vou para o Inter. É muito provável. Por essa identidade que eu tenho. Qualquer treinador que saia do São Paulo o primeiro nome a ser falado era o Muricy. No Inter o mesmo, cria-se essa identidade", disse Abel, em entrevista ao SporTV. O treinador está desempregado desde que foi demitido do Fluminense, em julho. Desde então, já recebeu ofertas para assumir o Flamengo e o Internacional, respectivamente nos lugares de Mano Menezes e Dunga, mas recusou as duas propostas. Ele não quer mais trabalhar este ano e só pretende assumir um time em 2014. "Não esperava sair (do Flu), mas saí. Me pegou de surpresa. Coloquei na minha cabeça que eu e minha família íamos ter os finais de semana que não tínhamos há oito anos, poder viajar para onde queria. Me dei esse direito. Quando saiu o Mano, houve o interesse do Flamengo e disse a mesma cosia que disse ao Inter. Queria me dar esse direito, que só eu mesmo posso me dar" explicou Abel. Segundo o treinador, ele chegou a cogitar a hipótese de substituir Dunga, mas apoiou a proposta da diretoria de dar uma chance a Clemer, ex-goleiro que ficou três anos no sub-17 do clube gaúcho, recentemente subiu para o sub-20 e agora trabalha como interino na equipe principal. "Depois de o Dunga sair eles me ligaram, eu liguei para o Dunga, conversei sobre o grupo, balancei, obviamente, por tudo que o Inter representa para mim, mas não podia fugir daquilo que prometi para mim, para minha família", explica. Abel disse que já fez algumas viagens com a família neste período de recesso, tem outras programadas, mas pode começar a trabalhar no Inter já no próximo mês. "Acertando definitivamente em novembro já vamos ter reuniões mais frequentes porque o que eles (diretoria) comentaram é que pretendem fazer uma equipe diferente daquela que está hoje." Com 42 pontos, na 10.ª colocação, o Internacional tem chances remotas de disputar a Libertadores. A sete rodadas do fim do Brasileirão, o quarto colocado é o Atlético-PR, com 52 pontos. A possibilidade de ficar com uma vaga cresceria um pouco se um dos times do G4 vencer a Copa do Brasil, abrindo novo posto pelo Brasileiro.

Leia tudo sobre: abel bragainternacionaltreinadorfutebolesporte