Ponte Preta marca no fim, vence o Vasco de virada e embola briga contra a queda

Macaca chegou aos 33 pontos e ultrapassou o cruzmaltino nos critérios de desempate

iG Minas Gerais | agência estado |

Guilherme Dorigatti / Ponte Preta
Ponte Preta contou com falha do goleiro Alessandro para conseguir a vitória neste domingo
"Um jogo para ficar marcado na carreira". Essa foi a frase usada por Uendel e Diego Sacoman - principais protagonistas na tarde deste domingo - para explicar a vitória da Ponte Preta sobre o Vasco da Gama, por 2 a 1, de virada, no Estádio Moisés Lucarelli pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O zagueiro marcou contra, mas o lateral-esquerdo garantiu o resultado positivo aos 44 minutos do segundo tempo. Sem perder há três jogos - duas vitórias e um empate -, a Ponte Preta finalmente deixou a penúltima colocação e subiu para o 17.º lugar, continuando na zona de rebaixamento, com os mesmos 33 pontos que o Vasco, 18.º colocado. O time campineiro está na frente por causa do número de vitórias - nove contra oito. Apesar de jogar fora de casa, o Vasco dominou o primeiro tempo, criando os principais lances, tanto que abriu o placar logo aos 16. Yotún recebeu em posição irregular e cruzou para dentro da área. Diego Sacoman, na tentativa de tirar, desviou contra o próprio gol. Depois disso, o nervosismo tomou conta da Ponte Preta, que criou a primeira grande oportunidade apenas aos 38, quando Alessandro soltou a bola nos pés de Rildo, mas conseguiu se recuperar. Aos 50, Diego Sacoman cabeceou e o goleiro cruzmaltino fez linda defesa. O segundo tempo começou e a Ponte Preta viu a situação ficar ainda mais complicada aos 12 minutos, quando Ferron foi expulso depois de se desentender com Yotún. Quem esperava que o Vasco cresceria na partida com um homem a mais se enganou. Adrianinho deu lindo corte em Sandro Silva e bateu rasteiro, no cantinho de Alessandro, deixando tudo igual. Depois, Nei cometeu falta em Adailton e foi expulso. E quando o jogo se encaminhava para um empate, a Ponte virou aos 44 minutos. Uendel arriscou de fora da área e o goleiro aceitou, para festa nas arquibancadas. Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 32.ª rodada. A Ponte Preta tem mais um confronto direto contra o Criciúma, às 19h30, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma. Já o Vasco recebe o Coritiba, às 17 horas, em São Januário, no Rio de Janeiro.

Leia tudo sobre: ponte pretavascocampeonato brasileiro