Caçando o líder Cruzeiro, Grêmio mantém time forte para encarar o Coritiba

Mesmo com agenda repleta de compromissos, Tricolor vai manter sua principal formação nesta noite

iG Minas Gerais | agência estado |

Grêmio/Divulgação
Renato Gaúcho testou novo ataque no tricolor
O Grêmio joga contra o Coritiba, neste domingo, às 18h30, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, em partida válida pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time tricolor está na vice-liderança com 53 pontos, a nove do líder Cruzeiro - as equipes se enfrentam daqui a duas rodadas. Por isso, uma vitória no Paraná é vital para manter a esperança de título. Em fase final de recuperação de um edema muscular na coxa esquerda, o zagueiro Werley correu ao redor do gramado na sexta-feira e fez uma atividade separado do resto do elenco do Grêmio. Mesmo ainda sem estar 100% fisicamente, o jogador foi relacionado para a viagem a Curitiba, onde o time gaúcho fará suas próximas duas partidas. Werley dificilmente entrará em campo neste domingo. Mesmo se tiver condições, o jogador deve ser poupado para o confronto decisivo da próxima quarta, quando o time gaúcho terá pela frente o Atlético Paranaense, no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil. Coxa descansado Depois de ser eliminado no meio da semana da Copa Sul-Americana pelo modesto Itagüi, da Colômbia, com um time reserva para poder poupar os titulares de uma longa viagem, o técnico Péricles Chamusca deve retomar a mesma equipe que venceu o líder Cruzeiro na semana passada para enfrentar o Grêmio. Em 14.º lugar com 37 pontos, a equipe paranaense está a quatro apenas da zona de rebaixamento e precisa vencer os gaúchos em sua casa. Sobre a equipe, Péricles Chamusca aposta no entrosamento. "A ideia é essa, para que possamos ganhar na qualidade coletiva. Todo treinador quer essa continuidade. Em cima dessa formação trabalhamos para evoluir para termos uma melhor qualidade de jogo", afirmou. Péricles Chamusca deverá manter o ala esquerdo Carlinhos, que substituiu Diogo - cumpria suspensão - contra os mineiros e deixou uma boa impressão. O treinador chegou a afirmar que seria um retorno (de Diogo) até óbvio, mas Carlinhos se apresentou muito bem. Já o atacante Deivid deve compor o banco de reservas, após um período de recuperação por causa de uma lesão. O atleta voltou a treinar com bola e pode ser uma novidade no grupo.

Leia tudo sobre: gremiocoritibacampeonato brasileiro