Aurora boreal colore o céu

Nos passeios de dia, os ursos se exibem em situações distintas; à noite, ocorre um espetáculo de luz e cor

iG Minas Gerais | Cristina Massari |

Cristina Massari
O Nanuk Lodge tem janelões de vidro de onde se observam os animais e as ossadas de belugas e alces no jardim
Nos passeios feitos de dia, os ursos se exibem em situações distintas: ora a mãe e seu bebê, ora um filhote maior e mais independente. Alces também nos levam a recantos diferentes nos arredores do Nanuk Polar Bear Lodge, em Cape Tatnam. E à noite, ainda é possível ver a aurora boreal. Na saída pela manhã para observar alces, um urso pode estar do lado de fora do portão da pousada, e se aproximar sem cerimônia dos carros de passeio ATV (all-terrain vehicles), que atravessam riachos, solos enlameados e pedregosos. O guia local, Butch, dirige o quadriciclo que puxa o reboque para quatro passageiros. Andrew (Andy) Mac Pherson lidera o grupo no carro maior, cujas chapas laterais ajudam a proteger do vento frio que gela os ossos. Com sorte, como tivemos nos três dias que passamos lá, dá para ver ursos todos os dias, em todos os passeios – às vezes, até mais de uma vez por dia –, sem contar os que se aproximam do lodge.    Na bagagem Para o frio: Camisetas de malha de manga comprida ou térmicas para usar junto ao corpo, casacos de fleece, gorro bem justo para não ser derrubado pelo vento, cachecol, luvas, calças de moleton ou térmicas e calças impermeáveis, além de garrafa de água de alumínio, mochila pequena, protetores solar e labial e repelente. Para chuva e vento: Capas de chuva e casacos corta-vento com capuz. Para a noite: Leve sua própria bebida alcoólica – o Nanuk Lodge, por exemplo, serve vinho nas refeições, mas não tem licença para vender outras bebidas. Pacote para 2014 O pacote no Nanuk Polar Bear Lodge para agosto e setembro de 2014 custa US$ 7.240 por pessoa. Inclui refeições, duas noites em Winnipeg, quatro noites na Baía de Hudson e aéreo a partir de Winnipeg. O Nanuk integra o Churchill Wild (churchillwild.com), que tem outras pousadas na região destinadas à observação de lobos, belugas, alces e glutões.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave