Campos usa vocabulário de tucanos

iG Minas Gerais |

Recife. Em março, ainda aliado do governo federal, o governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, disse que o crescimento de 0,9% da economia brasileira em 2012 demonstrava uma “situação de dificuldade”.   Sete meses depois, rompido com a gestão petista e se colocando como pré-candidato ao Planalto, o pernambucano classificou a mesma taxa como um “pibinho”. O termo é usado por políticos de oposição, principalmente tucanos, para atacar a variação do Produto Interno Bruto (PIB) na gestão Dilma Rousseff. Agora, também faz parte do vocabulário de Campos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave