Brigas no elenco e estudo dos adversário acompanham Atlético antes do Mundial

Técnico Cuca afirma que algumas posições na equipe ainda estão em aberto; comissão técnica garante que irá passar detalhes dos adversários do grupo

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

RJ - BRASILEIRÃO/BOTAFOGO E ATLÉTICO MG - ESPORTES RJ - BRASILEIRÃO/BOTAFOGO E ATLÉTICO MG - ESPORTES - O jogador Diego Tardeli do Atlético MG durante a partida entre Botafogo RJ e Atlético MG válida pela Série A do Campeonato Brasileiro 2013 no Estádio Arena Maracanã no Rio de Janeiro (RJ), neste sábado (26). Foto: EDUARDO DUARTE/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO ta27011 FUP20131026680 - 26/10/2013 - 19:22
Mesmo sem muitas pretensões no Campeonato Brasileiro, o técnico Cuca espera que cada jogador dê o seu melhor para chegar com tudo no Mundial de Clubes, em dezembro no Marrocos. Após a derrota deste sábado para o Botafogo, fora de casa, o treinador deixou claro que algumas disputas dentro do elenco ainda estão em aberto, fato que deve motivar jogadores a brigar pela titularidade. "Na lateral-esquerda, por exemplo, temos a briga entre Júnior César e Lucas Cândido. No meio-campo, são três opções para duas vagas, entre Pierre, Josué e Leandro Donizete. O Guilherme está voltando de contusão e é outro que vai tentar achar seu lugar", mostra o treinador, que tenta buscar motivações para que seu time continue rendendo no Brasileiro. Assim como o Atlético está sendo observado por possíveis adversários, o mesmo acontece no sentido inverso. Cuca afirma que estudos permanentes das equipes participantes já estão sendo realizados por ele e por sua comissão técnica. "Meus jogadores vão saber tudo dos adversários, até a cor do fio de cabelo. Vamos passar tudo para eles, essa é a nossa função. A obrigação deles será assimilar. Teremos que estar em um dia iluminado para que tudo dê certo e voltemos com esse grande feito na bagagem", mostra.