Tágide: boa comida e vista espetacular

iG Minas Gerais | Paulo Campos |

Associação Turismo de Lisboa/Divulgação
Ginjinha é licor obtido a partir da ginja, similar à cereja
Antes de descer a rua Augusta, quem me dá as boas-vindas é o restaurante Tágide, no largo da Academia Nacional de Belas Artes, no coração do Chiado, com sua decoração em azulejos portugueses e arquitetura que remonta à era pombalina. Sob os auspícios do chef Luis Santos, antes de empreender uma caminhada a pé pela Cidade Baixa, o conselho é experimentar uma entrada típica portuguesa, com seleção de pães, coentros, azeite e alho, seguido de saboroso carpaccio de bacalhau, biquillo com grão e folhas verdes. Como sobremesa, arroz doce cremoso com baunilha. No Tágide, além da delicadeza no atendimento e do serviço genuíno português, o regabofe pode ser degustado com uma vista espetacular do Chiado. Com o paladar satisfeito, é hora de percorrer a Cidade Baixa em uma caminhada.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave