Aécio diz que fez esforço pessoal para Serra ficar no PSDB

Senador conta com qualificação do companheiro de partido

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O presidente do PSDB, senador Aécio Neves, participou, neste sábado (26/10), de encontro em Presidente Prudente com mais de 700 lideranças políticas de 62 municípios da região do Oeste de São Paulo. Após o encontro, Aécio Neves caminhou pela cidade e visitou a tradicional lanchonete Tio Patinhas. Crédito: George Gianni / PSDB
Presidente Prudente. O senador Aécio Neves (PSDB), pré-candidato do partido à Presidência da República, afirmou, que neste domingo (26,) ele fez um “esforço pessoal” para que o ex-governador de SP, José Serra, permanecesse no partido e disse que irá respeitá-lo. “Antes que vocês me perguntem, quero, com toda a sinceridade do mundo, dizer que acho extremamente positivo que Serra esteja nos quadros do PSDB pela sua qualificação. Fiz um esforço pessoal para que abandonasse sua saída do partido”, afirmou ele, em visita a Presidente Prudente, no interior paulista. “Onde estiver, Serra estará com sua qualificação nos ajudando, mesmo na oposição. Assim como devemos respeitar a presença de Eduardo e Marina na disputa.” O senador esquivou-se, porém, de comentar sua pretensão em disputar as eleições e disse que a chapa será anunciada até março do próximo ano. “Devemos tomar a decisão correta no tempo certo, não vamos nos antecipar. Acredito que 2014 é o momento do PSDB definir quem vai empunhar esta bandeira”, disse. “Considero que o PSDB, pela sua estrutura, tem as melhores condições para chegar ao segundo turno e vencer as eleições.” Ações Segundo Aécio, que tem feito reuniões com correligionários por todo o país, os tucanos estão elaborando uma agenda de ações que deve ser lançada até dezembro. O documento pretende traçar as metas e compromissos do partido para as próximas eleições. “A minha preocupação agora é a construção desta agenda, pois através dela serão definidos nossos compromissos e metas para um crescimento mais vigoroso do país.”, reforçou o senador. Aécio Neves antecipou que a nova agenda do PSDB buscará o fortalecimento de Estados e municípios. Ele criticou o governo federal dizendo que e Estados e municípios estão abandonados com relação aos investimentos essenciais nas áreas da saúde, educação e segurança. O senador tucano discursou defendendo um modelo de desenvolvimento que possa favorecer a retomada do crescimento econômico do Brasil e que possa permitir aos brasileiros a superação da pobreza. O prefeito de Regente Feijó, Marcos Rocha, discursou em nome dos colegas e também fez críticas. “Os repasses para os municípios são uma vergonha. Não conseguimos diálogo com o governo federal. Os municípios são a base desse país, onde temos que resolver os problemas de saúde e educação de toda a população.” O encontro teve a presença de cerca de 800 pessoas e ocorreu no auditório das Faculdades Integradas Antônio Eufrásio de Toledo. Entre as presenças estavam o líder do partido no Senado, Aloysio Nunes Ferreira Filho, e também o presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Samuel Moreira.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave