Pela terceira rodada da Superliga, mineiras saem com uma vitória e uma derrota

Banana Boat-Praia Clube venceu jogo duro, em casa, contra Barueri, enquanto Minas caiu para Vôlei Amil, em Campinas

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

FELIPE CHRIST
Bloqueio do Minas teve dificuldades para parar ataque campineiro
Minas Tênis Clube e Banana Boat-Praia Clube entraram em quadra na noite desta sexta pela terceira rodada da Superliga feminina de vôlei. No final, resultados bem diferentes. O Minas, com um time jovem, sofreu diante do forte Vôlei Amil-SP, em Campinas. A equipe mineira não esboçou reação em nenhum momento e foi facilmente superada por 3 a 0 (21/9, 21/10 e 21/9). A oposta Tandara, do time da casa, foi a maior pontuadora, com 10 anotações. Os pontos da equipe campineira foram bem distribuídos, graças à facilidade que a levantadora Claudinha teve para trabalhar durante todo o jogo. Ao todo, o Amil fez 19 pontos em erros das mineiras, quase um set inteiro. O encontro reservou, ainda, a estreia da norte-americana Kristin Richards pela equipe de José Roberto Guimarães. A americana foi bem e anotou oito pontos. Pelo Minas, a central porto-riquenha Lynda Morales foi a maior pontuadora com seis pontos. A norte-americana Alaina desfalcou a equipe. O próximo jogo da equipe do bairro de Lourdes também reserva um adversário complicado. Nada menos do que o atual campeão brasileiro, Molico-Nestlé-SP, que chegará em Belo Horizonte querendo levar um resultado positivo e manter o Minas sem uma única vitória na competição. Este foi o terceiro revés seguido da equipe de Marco Queiroga no torneio nacional. Já o Praia voltou a vencer. O time de Uberlândia, que jogou em casa, passou pelo Barueri Vôlei, em um jogo mais equilibrado. O time paulista, que chegou para a partida em terceiro lugar na tabela, deu muito trabalho e só foi vencido após cinco sets (21/17, 18/21, 21/16 e 17/21 e 15/11). O próximo jogo do time uberlandense será também na segunda, em casa, contra o Sesi.