Talita/Taiana e mais duas duplas avançam na China

Brasileiras lideram o ranking mundial com mais de 500 pontos de vantagem

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Divulgação/FIVB
As adversárias de Taiana e Talina na final deste domingo serão as norte-americanas Ross e Kessy
As três duplas femininas que o Brasil levou para Xiamen, na China, seguem firme na disputa do título do último Grand Slam da temporada no Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Em 10 jogos até agora, as brasileiras só sofreram uma derrota. Assim, são três parcerias do país nas oitavas de final da competição. Talita e Taiana têm maior responsabilidade de conquistar um bom resultado. Elas lideram o ranking mundial com mais de 500 pontos de vantagem sobre Semmler e Holtwick, da Alemanha, com quem podem se encontrar na semifinal em Xiamen. A dois Opens (de menor pontuação) do fim da temporada, uma vitória nesse confronto pode praticamente dar o título do circuito às brasileiras. Nesta sexta, Talita e Taiana confirmaram os 100% de aproveitamento na fase de grupos com uma boa vitória sobre as russas Ukolova e Prokopeva por 2 a 0, parciais de 21/17 e 21/16. Também nesta sexta, às 22h de Brasília (sábado na China), elas jogarão contra Mersmann/Schneider, da Alemanha. Campeãs da etapa do Rio do Circuito Brasileiro, domingo passado, Maria Clara e Carol seguem em boa fase. As irmãs também estão invictas na China e, nesta sexta, venceram por WO uma dupla da Austrália, já que Bawden, parceira de Clancy, alegou uma lesão e não teve condições de jogo. Nas oitavas, as filhas de Isabel jogam contra as russas Ukolova e Prokopeva. Como Lili e Bárbara Seixas, por motivos pessoais, não viajaram à China, o Brasil só tem três duplas no Grand Slam. E a única parceira que conheceu uma derrota até aqui é Ágatha/Maria Elisa, que perdeu das checas Kolocova e Slukova por 2 a 0, parciais de 21/17 e 24/22. O resultado que fez com que a dupla terminasse em segundo lugar no Grupo G e fosse obrigada a encarar a repescagem. Mas elas não tiveram problemas para derrotar as suecas Grawender e Lundqvist por 2 a 0 (21/18 e 21/10) e avançar para enfrentar Menegatti/Orsi Toth, da Itália.