Marta é mais uma vez indicada à Bola de Ouro da Fifa

Brasileira figura, pela 11ª vez seguida, entre as dez melhores do mundo; ela já possui cinco títulos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

REPRODUÇÃO/FIFA
Seleção feminina, comandada pela craque Marta, continuou no quarto lugar do ranking
Pelo 11.º ano consecutivo, Marta é uma das 10 melhores jogadores do mundo. Nesta sexta-feira, a Fifa anunciou a lista de indicadas à disputa feminina da Bola de Ouro e a meia-atacante de 27 anos, como de costume, está entre as relacionadas. A jogadora que defende o Tyresö, da Suécia, é a única brasileira na relação. Marta estreou na lista em 2003, quando foi décima colocada na votação daquele ano. Na temporada seguinte, aos 18 anos, já era a terceira melhor do mundo. Em 2005 ficou em segundo (sempre perdendo para a alemã Birgit Prinz) e venceu pela primeira vez em 2006. Depois, ganhou de forma consecutiva em 2007, 2008, 2009 e 2010. Nas últimas duas temporadas, foi superada pela japonesa Homare Sawa, que liderou o time japonês ao título mundial em 2011, e pela norte-americana Abby Wambach, destaque da campanha que culminou com o ouro olímpico aos Estados Unidos em Londres. Em 2013, porém, o Brasil não disputou o principal torneio do ano a Eurocopa, e só fez cinco amistosos. Marta foi convocada para os dois jogos contra a França, mas foi cortada por lesão. Depois participou do finalzinho do jogo contra a Suécia. Em novembro, o Brasil ainda pega os EUA, mas ela não joga porque seu time não a liberou. Pelo Tyresö, Marta venceu pelo segundo ano seguido o Campeonato Sueco, marcando 12 gols em 22 jogos. Foi apenas a quinta artilheira do torneio. Seu time não jogou a temporada passada da Liga dos Campeões da Europa, principal competição do mundo. Nesta temporada, avançou da primeira fase eliminando o forte time do PSG, mas ainda não jogou a segunda rodada, classificatória para as oitavas de final. As 10 jogadoras indicadas ao prêmio da Fifa foram escolhidas por um comitê de especialistas da entidade e da revista France Football. A relação ainda será reduzida a três nomes (em data não divulgada) e então jornalistas, técnicos e capitães de seleções nacionais farão suas escolhas. As vencedoras serão anunciadas no evento de premiação, em 13 de janeiro. Concorrem com Marta a goleira Nadine Angerer (Alemanha), Nilla Fischer (Suécia), Lena Goessling (Alemanha), Saki Kumagai (Japão), Alex Morgan (EUA), Yuki Ogimi (Japão), Lotta Schelin (Suécia), Christine Sinclair (Canadá) e Abby Wambach (EUA).

Leia tudo sobre: martafutebolmelhor do mundofifafeminino