Incêndio atinge Arena Pantanal, mas não atrasa obras

Nos últimos dias, estádio viveu um impasse envolvendo a compra e a instalação das mais de 40 mil cadeiras; por conta disto, entrega deverá ser fora do prazo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

COPA 2014/DIVULGAÇÃO
Arena receberá quatro jogos da Copa do Mundo, todos válidos pela fase de grupos
Um incêndio tomou conta da aérea interna da construção da Arena Pantanal, na tarde desta sexta-feira, em Cuiabá. De acordo com a Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo de Mato Grosso (Secopa-MT), placas de isopor que estavam armazenadas no subsolo do setor oeste do estádio pegaram fogo. Mas não houve feridos e nem atrasou o andamento das obras. Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio foi controlado em cerca de 15 minutos. Foram necessários quatro caminhões para combater o fogo. Ainda será necessário o laudo técnico para explicar a origem do problema. Mas a Secopa destacou que os danos não foram graves e que a entrega do estádio continua marcada para dezembro conforme exige a Fifa. Nos últimos dias, a Arena Pantanal viveu um impasse envolvendo a compra e a instalação das mais de 40 mil cadeiras do estádio. Diante disso, o governador do Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB) chegou a admitir na quinta-feira que a entrega das obras poderia atrasar. Mas o imbróglio já foi resolvido, possibilitando que tudo esteja pronto em dezembro. No último balanço divulgado, a Arena Pantanal estava com 85% das obras concluídas. Mas, em sua recente visita ao Brasil, no começo do mês, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, passou por Cuiabá e revelou preocupação com o risco de atraso no estádio da cidade, que será palco de quatro jogos da Copa do Mundo de 2014, todos da primeira fase.