Sindicato denuncia situação precária

iG Minas Gerais |

O secretário do Marreta (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de BH e Região) José Luis, conta que na construção civil, um dos maiores problemas é a existência de um grande número de trabalhadores totalmente sem experiência, que vêm do interior de Minas ou de outros estados. Eles, que muitas vezes nunca estiveram em uma obra, acabam sendo contratados pelas empresas, já que nos últimos anos têm havido uma demanda crescente de mão de obra na área. “Essas empresas, hoje, com a falta de mão de obra, vão para o interior e pegam trabalhadores e os jogam de qualquer forma, sem segurança, nem treinamento”, afirma. Ele conta ainda que mesmo orientados, os trabalhadores denunciando a situação, o sindicato não consegue monitorar completamente todos os empreendimentos. “As empresas para trazer esses trabalhadores oferecem mil e uma coisas, mas quando chegam aqui a realidade é totalmente contrária. Se o trabalhador corre risco ou não, é problema dele”, diz.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave