Menor de 13 anos conhece homem pela internet e é estuprada

Polícia diz que adolescente teria trocado mensagens com o homem pelo Facebook; garota foi levada ao Regional para tomar a pílula do dia seguinte

iG Minas Gerais | José Augusto e Juliana Baeta |

João Lêus
Suspeito nega que tenha forçado sexo
Um jovem de 21 anos foi preso na tarde de ontem em flagrante suspeito de estuprar uma adolescente de 13 anos, no bairro Jardim Alterosas, na região metropolitana. De acordo com a Polícia Civil, Élio da Silva teria estuprado a menor na casa dele. “Ela contou que eles se conheceram pelo Facebook e trocavam mensagens há algum tempo. Então, na tarde de ontem (quinta), ela foi à residência do rapaz, onde o mesmo a teria obrigado a ter relações sexuais com ele à força. Além disso, o suspeito teria impedido a menor de voltar pra casa e ela passou a noite com ele”, afirmou o delegado da 3ª DP de Betim, Tito Barichello. “Na noite de quinta, os pais da garota já tinham registrado um boletim de ocorrência sobre o sumiço da filha”, acrescentou. A menor foi submetida a exame de corpo de delito em que ficou comprovado que houve ruptura recente do hímen, ou seja, ela era virgem. “Fazer sexo com menor de 14 anos, mesmo que consensualmente, é crime”, disse Barichello. O delegado informou que vai investigar as conversas que os dois tiveram pela internet. A garota foi levada para o Hospital Regional para tomar o coquetel que previne doenças sexualmente transmissíveis e também a pílula do dia seguinte, já que não foi usado preservativo. Acusado nega violência Élio da Silva negou que tenha feito sexo com a menina a força. “Nós conversávamos pela Facebook e ela quis vir à minha casa. Ela disse que queria passar a noite comigo. Então, falei para ela ligar para os pais para avisá-los, mas a garota não quis. Hoje, ela foi embora, e, quando eu ia trabalhar, a polícia chegou”, disse.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave