Moradores têm opiniões distintas em relação à ideia

iG Minas Gerais |

Apesar da reação da Associação dos Amigos do Bairro Santa Tereza, a limitação de eventos na praça Duque de Caxias não é consenso entre os moradores do bairro. Para a artesã Rosimara Silva Maciel, 49, que mora há 27 anos no bairro, os eventos são bem-vindos. “Nem a folia nem o barulho me incomodam. Até acho bom quando o bairro fica movimentado, com as pessoas se divertindo”, disse a artesã. O estudante Lucas Maciel Muniz, 28, também concorda, mas faz uma ressalva: “As festas são saudáveis, mas é preciso organizar com antecedência. Às vezes, faltam banheiros, policiamento e organização do trânsito durante o evento”, afirmou. “Além disso, acho que deveriam avisar os moradores antes. Alguns são surpreendidos e não conseguem nem sair de casa”, ressaltou. Já na opinião do professor Danilo de Resende, 29, os eventos trazem insegurança. “Os assaltantes ficam sabendo das festas e esperam as pessoas nas saídas do bairro. Uma vez fui levar uma amiga até o ponto de ônibus e um grupo tentou nos cercar”, disse. O efetivo policial no último domingo, durante a Oktoberfest BH, não foi informado, mas segundo a organização, 50 seguranças particulares foram contratados como reforço. Para conseguir o licenciamento, os promotores dos eventos são obrigados a apresentar à prefeitura uma cópia do pedido de policiamento protocolado na Polícia Militar. (AL/Luiza Muzzi)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave