Grupo cultural critica ação

iG Minas Gerais |

O concurso para revitalização das áreas embaixo dos viadutos de Belo Horizonte não foi bem recebido por integrantes do grupo Família de Rua, que realiza o Duelo de MC’s desde 2007, sob o viaduto Santa Tereza, que liga o centro da cidade ao bairro Floresta. “O que vemos nesta gestão é uma modernização e higienização estranha da cidade que não concordamos. Além disso, acreditamos que o projeto tinha que ser discutido com a comunidade, principalmente com quem faz eventos nesses locais. Eu ainda tenho que analisar o projeto, mas a princípio não aprovamos ele ser realizado dessa forma”, justificou Pedro Valentim, um dos integrantes do grupo. O viaduto Santa Tereza virou um marco de ocupação de áreas degradadas em Belo Horizonte. Mesmo sem a requalificação da área, integrantes do grupo Família de Rua começaram a se reunir espontaneamente para realizar a competição de rappers da cidade. A adesão cresceu rapidamente, e o Duelo de MC’s virou evento tradicional da cena cultural. bicicletários. Dentre as atividades exemplificadas no edital para ocupação dos espaços públicos estão ações para o incentivo do uso da bicicleta como meio de transporte na cidade. O documento cita como prováveis modelos de uso a instalação de bicicletários que podem estar integrados ao metrô e ao Move (nome dado ao BRT, sigla em inglês para transporte rápido por ônibus) e à lojas de bicicletas. (BM/NO)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave