Demanda doméstica de passageiros recua 0,56% em relação ao mesmo período de 2012

De acordo com a Anac, após nove anos consecutivos de crescimento da demanda doméstica para setembro, trata-se da primeira redução para o mês

iG Minas Gerais | da redação |

A demanda do transporte aéreo doméstico de passageiros (passageiros-quilômetros pagos transportados-RPK) recuou 0,56% em setembro em relação ao mesmo mês de 2012, anunciou nesta sexta-feira, 25, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Já a oferta do transporte aéreo doméstico (assentos-quilômetros oferecidos-ASK) registrou queda 2,94% na mesma base de comparação. De acordo com a Anac, após nove anos consecutivos de crescimento da demanda doméstica para setembro, trata-se da primeira redução para o mês. Desta forma, os índices acumulam queda nos nove primeiros meses de 2013, de 0,07% na demanda e de 4,37% na oferta, ante o mesmo período de 2012. A Azul Linhas Aéreas e a Avianca destacaram-se com as maiores taxas de crescimento de demanda doméstica em setembro, quando comparadas ao mesmo período de 2012, com alta de 34,72% e 33,49% respectivamente. O Grupo TAM registrou redução na participação no mercado doméstico no comparativo entre setembro de 2013 e setembro de 2012, passando de 40,8% para 39,89%, enquanto a Gol aumentou a presença no mesmo período, 33,57% para 35,45%. A agência afirmou também que a taxa de aproveitamento dos aviões em voos domésticos de passageiros (RPK-ASK) atingiu o melhor nível para setembro desde o início da série Dados Comparativos, em 2000, tendo alcançado 77,42%. No período de janeiro a setembro de 2013, o aproveitamento doméstico foi de 75,24%, frente a 72% do mesmo período de 2012. Entre as maiores companhias aéreas do Brasil, as maiores taxas de aproveitamento doméstico em setembro de 2013 foram alcançadas por Avianca e Grupo TAM, com 81,82% e 81,04%, respectivamente. Transporte aéreo internacional Ainda de acordo com a Anac, a demanda do transporte aéreo internacional de passageiros das empresas aéreas do País apresentou crescimento de 3,07% em setembro ante o mesmo mês de 2012. A oferta internacional registrou aumento de 5,08% no mesmo período. A demanda e oferta internacional das empresas brasileiras alcançaram o maior nível desde o início da série, em 2000, registrando crescimento há 11 meses consecutivos. O Grupo TAM e a Gol registraram alta de 1,26% e 18,99%, respectivamente, na demanda por transporte aéreo internacional em setembro de 2013, quando comparada a setembro de 2012. No acumulado dos nove primeiros meses de 2013, a demanda internacional cresceu 4,28%, e a oferta internacional teve alta de 10,59%, na comparação com o mesmo período de 2012. A taxa de aproveitamento dos voos internacionais de passageiros operados por empresas brasileiras (RPK-ASK) alcançou 81,21% em setembro, contra 82,80% do mesmo mês de 2012, registrando queda de 1,92%. A Anac destaca que a taxa de aproveitamento em voos internacionais tem caído há 12 meses consecutivos, mas, ainda assim, a de setembro foi a melhor alcançada neste ano. O Grupo TAM e a Gol representaram a totalidade das operações de empresas nacionais no transporte aéreo internacional de passageiros em setembro, com 88,15% e 11,85%, respectivamente.  

Leia tudo sobre: passageirosempresasaviaçãoqueda