Perfil praticamente traçado

Há poucas brigas para integrar a lista do Mundial, já que a base do elenco tem sido bastante sólida

iG Minas Gerais | Fernando Almeida |

Bruno Cantini/Divulgação – 20.9.2013
Cuca e o auxiliar-técnico Cuquinha têm o grupo de atletas nas mãos
A complexa, mas satisfatória missão de Cuca em definir a lista de convocados do Atlético para o Mundial de Clubes, no Marrocos, terá início amanhã. Menos de dois meses antes do torneio mais importante da história do Galo começar, 35 jogadores irão compor os pré-relacionados que serão enviados à Fifa. Contudo, a angústia dos torcedores para saber quem serão os 23 atletas que irão honrar a camisa alvinegra só será desfeita em 29 de novembro. A Fifa confirmará a lista final dez dias antes de a delegação atleticana deixar o Brasil e começar a viver a trajetória da tão sonhada conquista do Mundial. Para isso, primeiro será necessário passar pela semifinal e, depois, fazer a final, provavelmente contra o poderoso Bayern de Munique. Nesses 36 dias de espera entre a entrega da lista inicial e a confirmação da Fifa, diretoria e comissão técnica do Atlético trabalham com dois cenários extremos: contar com todo o grupo ou ter de contornar desfalques como Emerson, Dátolo e, principalmente, Ronaldinho. “Temos até o dia 29 de novembro para definir esses 23 nomes e vamos confirmar os cortes apenas nessa data final. Tem de lembrar que nesse período podem ter novas lesões; esperamos que não, mas podem; e outros problemas”, argumentou o diretor de futebol do Galo, Eduardo Maluf. O dirigente alvinegro esteve em Marrakech no último dia 10 e não conseguiu tirar da Fifa uma definição sobre Emerson e Dátolo, que chegaram após a janela de transferências e a presença de ambos no Mundial ainda é uma incógnita – tomando como base que a situação de Fernandinho já está concretizada. Já a questão de R10 depende da recuperação do craque, que se reabilita de uma ruptura do músculo adutor da coxa esquerda e foi liberado pelo departamento médico para correr no gramado da Cidade do Galo na última terça. Porém, o otimismo nesse caso toma conta do CT alvinegro tanto pelo lado do atleta quanto pelo dos médicos. “Estamos colocando 35, sabendo que só poderão entrar 23 jogadores. Estamos tranquilos com os que ficarem fora, pois sabemos que o apoio nesse momento será de todos”, afirmou Maluf.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave