Guilherme admite preocupação com lesões, mas afirma: "No Mundial, vou até o fim"

Recuperado, atacante é uma das opções do técnico Cuca para a partida contra o Botafogo, no sábado

iG Minas Gerais | GABRIELA PEDROSO |

O atacante Guilherme tem apenas 25 anos, mas, apesar da juventude, o jogador do Atlético já ficou marcado pelo grande número de lesões. A última partida oficial do Alvinegro, aliás, foi no dia 7 de setembro, no empate com o Vitória por 1 a 1. Depois, o atacante machucou a coxa esquerda em um treinamento e, desde então, ficou fora da equipe. Para o próximo sábado, contra o Botafogo, porém, Guilherme garante que está pronto, caso o técnico Cuca opte por utilizá-lo. "Já estou à disposição. Já venho treinando a parte física. Ainda sinto um pouco ofegante, pela falta de ritmo, mas ela tem sido amenizada com os treinamentos. Agora, o resto que é necessário será só com a sequência de jogos", afirmou o atacante. Mesmo confiante para voltar a jogar, Guilherme mostra incômodo com as lesões e reconhece que elas são uma preocupação a mais para ele. "Particularmente,sinto um pouco dessa preocupação, com o fato das lesões, mas, sinceramente falando, tive mais ou menos três lesões que eu sabia que ia ter, a verdade é essa. Delas, duas eu não tinha como evitar. Uma foi na final do Mineiro de 2012. Eu já sabia que estava lesionado, mas não podia deixar o time na mão, e conseguimos o título invictos. A outra, da Libertadores, na final, quando entrei no segundo tempo, senti a coxa, mas como é que eu saio de campo com 35 minutos do segundo tempo e deixo meus companheiros com um a menos?", revelou. Por outro lado, o jogador lembra que, a experiência nesses casos, acabou ensinando a ele a hora de parar. Entretanto, isso não parece ser um impedimento para Guilherme, que não descarta uma nova "loucura" para ver o Atlético conquistar o mundo.  "Daqui para frente, tenho essa experiência, do corpo avisar e de parar. A não ser que esteja na final do Mundial. Aí eu vou até o fim", disse sorrindo o jogador. O Atlético visita o Botafogo neste sábado, às 18h30, no Maracanã, em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia tudo sobre: atleticogaloguilhermelesoespreocupaçaomundialjoga