Vargas é absolvido pelo STJD e pode defender Grêmio no domingo

Chileno tinha sido denunciado por entrada violenta, na jogada em que recebeu o segundo cartão amarelo e a consequente expulsão no jogo contra o Atlético-PR

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O atacante chileno Vargas foi absolvido em julgamento nesta quinta-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Assim, ele está liberado para ser aproveitado pelo técnico Renato Gaúcho no jogo deste domingo, quando o Grêmio visita o Coritiba pela 31ª rodada do Brasileirão. Vargas tinha sido denunciado por entrada violenta, na jogada em que recebeu o segundo cartão amarelo e a consequente expulsão no jogo contra o Atlético-PR, no dia 2 de outubro, em Porto Alegre. Ele corria o risco de pegar até seis partidas de suspensão no julgamento na 5ª Comissão Disciplinar. "Nós conseguimos desqualificar a interpretação do árbitro e a denúncia por prática de jogada violenta, que poderia provocar de uma até seis partidas de suspensão, para uma jogada comum. O Vargas é reincidente, então o êxito é considerável", comemorou o advogado do Grêmio, Gabriel Vieira. O chileno vem sendo escalado como titular, formando uma linha de frente com os atacantes Kleber e Barcos. Assim, a absolvição de Vargas no STJD é uma ótima notícia para Renato Gaúcho, que poderá contar com ele no domingo, quando o Grêmio lutará para manter a vice-liderança do campeonato.