Fiorentina vence com gol brasileiro e Valencia goleia na Liga Europa

Se italianos e espanhóis atropelaram seus adversários, o PSV teve muita dificuldade fora de casa e não passou de um empate sem gols com o Dínamo Zagreb

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Site oficial/Divulgação
Jogadores do Valencia celebram 'atropelamento' sobre o St. Gallen
A rodada desta quinta-feira da Liga Europa foi boa para Fiorentina e Valencia, que venceram seus compromissos e deram mais um passo para a classificação para a próxima fase. Em casa, o time italiano não teve dificuldade para bater o Pandurii por 3 a 0. Já os espanhóis receberam o St. Gallen no Mestalla e golearam por 5 a 1. O resultado levou o Valencia à segunda colocação do Grupo A, com seis pontos, atrás apenas do Swansea, que empatou com o Kuban Krasnodar por 1 a 1 e lidera com sete pontos. Por outro lado, a Fiorentina é líder isolada do Grupo E, com nove pontos, três à frente do Dnipro, que venceu o Paços de Ferreira por 2 a 0. A Fiorentina praticamente definiu sua vitória nesta quinta no primeiro tempo, quando marcou duas vezes. Primeiro com Joaquin, aos 26 minutos, e depois com o brasileiro Ryder, que se enrolou, quase perdeu chance clara, mas marcou aos 34. Já na etapa final, aos 24 minutos, Cuadrado selou o resultado. Com ainda mais facilidade, o Valencia definiu a goleada sobre o St. Gallen na etapa inicial. Francisco Alcacer, Cartabia, duas vezes, e Ricardo Costa fizeram 4 a 0 antes do intervalo. Na volta para o segundo tempo, Canales marcou o quinto, e ainda houve tempo para que Nater descontasse. Se Fiorentina e Valencia atropelaram seus adversários, o PSV teve muita dificuldade fora de casa e não passou de um empate sem gols com o Dínamo Zagreb. O resultado levou os holandeses a quatro pontos, na segunda posição do Grupo B. Eles foram beneficiados pela derrota do Chornomorets, terceiro, com três pontos, para o Ludogorets Razgrad, que lidera a chave com nove pontos. Veja outros resultados de jogos já encerrados na Liga Europa: Elfsborg 1 x 2 Esbjerg; Salzburg 2 x 1 Standard Liège; Wigan 1 x 1 Rubin Kazan; Zulte-Waregem 1 x 3 Maribor; Bordeaux 2 x 1 APOEL Nicosia; Eintracht Frankfurt 2 x 0 Maccabi Tel Aviv.