Camisa do Atlético sofrerá mudanças para atender padrão da Fifa no Mundial

Parte de trás do uniforme atleticano terá alterações, por exemplo, na disposição do nome do jogador

iG Minas Gerais | FELIPE RIBEIRO |

A camisa usada pelo Atlético na conquista da Libertadores deverá ter o desenho preservado para o Mundial de Clubes, porém, sofrerá algumas mudanças para atender aos padrões exigidos pela Fifa. As alterações não deverão ser significativas em relação à camisa da conquista da Libertadores. Pelo regulamento da competição internacional, o clube terá que apresentar dois modelos de camisa, sendo um claro e outro escuro, além de três opções com cores diferentes para os goleiros, o que já ocorre atualmente. As camisas deverão ter o número às costas e o nome bem legível dos atletas logo acima. Nesse caso é notada a maior adaptação a ser feita. Hoje, o Atlético tem o patrocinador acima (que precisará ser retirado das costas para o Mundial) e os nomes ficam abaixo dos números com uma fonte que dificulta a leitura. Além disso, a Fifa também distribuirá o patch oficial do Mundial de Clubes, com  a logomarca do torneio, para ser  anexado na manga direita de cada camisa. A reportagem entrou em contato com a Lupo, mas a empresa alega não ter autorização para falar sobre o assunto. O Atlético também não fala sobre a camisa que será usada no Marrocos.

Leia tudo sobre: atleticocamisauniformemundial