Prefeitura vai entrar na Justiça para paralisar obra

Empresa que estaria construindo shopping popular não apresentou nenhum projeto ao município

iG Minas Gerais | Luiza Muzzi |

PEDRO GONTIJO / O TEMPO
Prefeitura quer saber se empreendimento pode ser instalado
A Prefeitura de Contagem, na região metropolitana da capital, decidiu acionar a Justiça contra a empresa que estaria construindo um shopping popular na avenida Babita Camargos, no bairro Cidade Industrial, sem a devida autorização. A medida foi tomada após O TEMPO mostrar que a obra continua sendo realizada mesmo depois de ter sido embargada administrativamente pelo Executivo, por não ter apresentado o projeto de construção. A Procuradoria Geral do Município deve acionar a Justiça nos próximos dias. Na manhã de ontem, o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Sant Clair Schmiett Terres, esteve pessoalmente no local e confirmou que o empreendimento continua em andamento, de forma irregular. “Não recebemos nenhum plano da atividade que se pretende fazer ali. Não é que a obra não possa ser implementada, mas precisamos conhecer o projeto, até mesmo para ver se é compatível com a Cidade Industrial e qual será o impacto que vai trazer para a região”, afirmou o secretário. Apesar de a prefeitura ainda desconhecer o plano de obra, um operário confirmou, no começo da semana, que no local está sendo construído um novo shopping popular. A reportagem não conseguiu localizar a empresa que, segundo a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, seria a responsável pelo empreendimento. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave