Sada é campeão

iG Minas Gerais | Marcos Russo |

Vou reproduzir aqui um texto enviado pelo amante do vôlei e professor da modalidade Giuliano Sucupira, que ficou muito feliz com o fato de Betim ter sediado o Mundial de Clubes de Vôlei, vencido pelo Sada Cruzeiro. “Quis o destino que, depois de cinco anos, o Sada Cruzeiro voltasse ao seu local de nascimento, a cidade de Betim, no Ginásio Poliesportivo Divino Ferreira Braga, para a disputa do título mais almejado por todos os clubes de voleibol do mundo. A equipe voltou ainda mais forte, mais madura e com grandes estrelas. Em um dia histórico para o voleibol do Brasil, o Sada Cruzeiro tornou-se, pela primeira vez em sua história, campeão mundial. A equipe atropelou o Lokomotiv na final por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 25/19 e 25/20, numa revanche da fase de grupos, ocasião em que havia sido derrotada por 3 a 2. Gostaria de parabenizar cada membro desse grande time, atletas, comissão técnica, equipe de apoio, dirigentes, enfim todos que contribuíram para esta conquista inédita para voleibol brasileiro”. Vôlei de praia Ainda segundo o Giuliano Sucupira, “as categorias de base de Betim seguem com seus feitos no vôlei de praia, onde duas atletas do “Programa Viva o Esporte” da prefeitura foram convocadas para a seleção brasileira de vôlei de praia na categoria sub-19. Parabéns a betinense Anna Clara, de 15 anos, que alia raça, qualidade técnica e determinação e a Ana Patrícia, 16, natural de Espinosa, que é ótima no ataque e no bloqueio”. Ramacrisna vai bem A vice-presidente da Ramacrisna, Solange Bottaro, comemora o sucesso do projeto firmado em parceria com a Petrobras, que tem duração de dois anos e irá atender a 400 crianças e adolescentes de Betim, sendo 200 neste ano e a outra metade em 2014. O valor total do investimento no programa é de R$ 241.223,97. Ao longo do projeto, seis modalidades esportivas serão contempladas: handebol, basquete, jiu-jítsu, futebol society, futsal e voleibol, cujas aulas serão realizadas durante a semana em horários diferentes da escola. Para Solange, é mais uma grande conquista da instituição, fazer parte de um projeto dessa magnitude com a estatal brasileira, que tem como pilar a formação por meio do esporte. Segundo ela, “no esporte, as crianças têm a oportunidade de adquirir valores como a solidariedade, respeito ao próximo e companheirismo. As atividades esportivas se unem às oficinas de cultura, artes e educação, que se transformam em uma rede de aprendizado para os alunos da Ramacrisna”. Parabéns e muito sucesso a essa parceria. Raposa matreira Muitos cruzeirenses estão preocupados com a queda no futebol da Raposa nas últimas rodadas do Brasileirão, quando o time estrelado acumulou três derrotas e teve apenas uma vitória, sobre o Fluminense, em casa, e jogando mal. Pela minha experiência, digo que é praticamente impossível uma equipe manter um alto padrão tático, técnico e físico ao longo de um campeonato com vários meses de duração. Já, já isso passa.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave