Cientistas descobrem 441 espécies na Amazônia

iG Minas Gerais |

Um macaco que ronrona como um gato, uma piranha vegetariana e um lagarto “pintado para a guerra” estão entre as mais de 400 novas espécies de animais e plantas descobertas nos últimos quatro anos na Floresta Amazônia. O anúncio foi feito ontem por conservacionistas do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês), e faz parte da I Love Amazon Week (Semana Eu Amo a Amazônia), que vai até o dia 27 de outubro. As descobertas aconteceram em expedições científicas realizadas entre 2010 e 2013 e somam 441 novas espécies, incluindo 258 plantas, 84 peixes, 58 anfíbios, 22 répteis, 18 pássaros e um mamífero. Esses números não incluem novos insetos e invertebrados encontrados. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave