As curvas femininas entalhadas em bronze

Artista leva esculturas à ex-sede do governo e a dois museus localizados no Circuito Cultural Praça da Liberdade

iG Minas Gerais | carlos andrei siquara |

Jomar Bragança
Trabalhos de Leopoldo Martins fazem parte de série iniciada em 2008
Mais conhecido pelas esculturas de animais felinos que produz desde a década de 1990, Leopoldo Martins conta ter enveredado pelos nus femininos a partir de 2008, ano em que resolveu apostar nessa nova seara. Frutos desse momento são os 55 trabalhos que o artista expõe em três espaços que fazem parte do Circuito Cultural Praça da Liberdade. Dessa coleção, a maior parte das obras pode ser vista no jardim do Palácio da Liberdade, uma vez que apenas três vão estar expostas no Memorial Minas Gerais Vale e outras duas ocupam o hall de entrada do Museu das Minas e do Metal. Ao comparar as últimas safras de trabalhos com suas criações predecessoras, Martins identifica uma evolução em sua maneira de lidar com a linguagem que pratica modelando formas com o bronze. “Antes de fazer os nus eu realizei algumas pesquisas, esbocei até algumas coisas abstratas, mas aquilo não me interessou muito. Quando criei as primeiras formas femininas eu gostei do resultado e tenho mantido essa atividade até hoje, o que para mim representa um passo a mais na minha carreira”, conta Martins. “Eu comecei a produzir mais texturas. Os felinos, por exemplo, são finalizados numa superfície mais lisa. Eu não quis manter isso, busquei outros caminhos”, acrescenta.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave