Eliane Brum lança “A Menina Quebrada e Outras Colunas”

iG Minas Gerais | carlos andrei siquara |

Quem sente falta dos textos semanais de Eliane Brum, publicados na internet entre abril de 2009 e setembro deste ano, tem ao menos um alento com o livro “A Menina Quebrada e Outra Colunas” (ed. Arquipélago Editorial, 432 págs., R$ 39,90), que a jornalista e escritora lança hoje durante o evento Sempre Um Papo, no Centro de Convenções do Hospital Mater Dei. O título, publicado em papel e em e-book, acolhe 64 artigos, incluindo o que dá nome ao livro. Conhecidos pelo equilíbrio entre dados aferidos com o exercício da reportagem e traços do estilo opinativo, os escritos reunidos são aqueles que conquistaram grande repercussão, especialmente por meio de compartilhamentos nas redes socais. Ficaram de fora, porém, as entrevistas publicadas por Eliane em sua coluna, “porque, elas dariam um livro à parte”, justifica a autora, que afirma ter escolhido os textos a partir do olhar para a importância de determinados assuntos. “São temas que me são mais caros e que assinalam nosso tempo: a dificuldade de aceitar as marcas, as físicas e as psíquicas; a ‘medicalização’ da vida; a ditadura da felicidade; a relação de pais e filhos mediada pelo consumo; as questões da identidade; assim como as do envelhecimento e da morte”, acrescenta. São tratadas também questões de ordem socioambientais, como a situação da Amazônia, além de fatos relacionados à própria memória da jornalista. “Eu escrevo se acredito que tenho algo a dizer – e só escrevo sobre o que acho relevante. Por exemplo, descobri que meus textos menos lidos eram sobre moradores de rua. Parecia que as pessoas não queriam enxergá-los em nenhum lugar, nem mesmo na coluna. Essa constatação fez com que eu escrevesse mais – e não menos – sobre eles”, relata Brum. Agenda O quê. Sempre Um Papo com Eliane Brum Quando. Hoje, às 19h30 Onde. Centro de Convenções do Hospital Mater Dei (rua Mato Grosso, 1.100, Sto. Agostinho) Quanto. Entrada franca

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave