Invasores de terreno da Ceasa fazem manifestação em Contagem

O trânsito na avenida Severino Ballesteros, no bairro Ressaca, onde aconteceu o ato, chegou a ficar interditado

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Famílias que invadiram um terreno às margens da avenida Severino Ballesteros Rodrigues, no bairro Ressaca, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte realizaram uma manifestação na noite desta quinta-feira (24) no local. De acordo com motoristas que passaram pela via o tráfego ficou interditado e o trânsito precisou ser desviado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ainda não se sabe o motivo do protesto. Na madrugada do dia 12 de outubro, 300 famílias chegaram ao terreno de quase 210 mil metros, sendo que 2.700 pessoas ocupam o espaço se dividindo em barracas. Casa moradia tem menos de 10 metros quadrados, e é formada por um plástico preto. Quatro dias após a ocupação uma cozinha foi erguida pelos invasores para alimentar a todos os moradores. São três refeições por dia, feitas com doações de pessoas que se sensibilizam com a causa. Agora, eles pretendem levantar uma creche, para atender às quase 500 crianças que vivem no terreno. Dona do terreno, as Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa), informou no dia da ocupação, que aconteceu em 12 de outubro deste ano, que está tomando medidas legais para que seja feita a reintegração de posse do terreno, onde pretende construir novos empreendimentos. Procurada pela reportagem a Polícia Civil, que estaria no local no momento da manifestação, não foi encontrada para falar sobre o assunto.   

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave