UFJF amarga terceira derrota e segue sem vencer na Superliga

Time da Zona da Mata jogou, até aqui, com equipes favoritas ao título, o que impediu melhor desempenho no torneio

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

FOTO: JOAO GODINHO / O TEMPO
ESPORTES - VOLEI - MINAS x UFJF - ARENA VIVO. Jogo entre Vivo X Ufjf na arena vivo. FOTO: JOAO GODINHO / O TEMPO 1.10.2013
A UFJF continua sem vencer na Superliga masculina de vôlei. A agenda parece não colaborar com o time da Zona da Mata, que enfrentou três favoritos ao título nas três primeiras rodadas da competição. Depois de derrota, em casa, na estreia, para o Sesi-SP, em jogo decidido somente no tie-break, o time do interior perdeu para o Sada Cruzeiro, fora de casa, na segunda rodada. Na última terça-feira, a equipe do técnico Chiquita foi até o Rio de Janeiro e caiu para o RJX por 3 a 0 (21/15, 21/13 e 21/15). O jogo aconteceu no ginásio do Tijuca Tênis Clube. O central Ualas, do time da casa, foi o maior pontuador, com 10 anotações. "Nosso elenco é muito bom, mas temos que aproveitar as oportunidades individuais que aparecem. Só conseguimos nos destacar individualmente graças à sinergia da equipe. Sempre dou meu melhor para minha equipe sair vitoriosa. Tive a sorte de estar inspirado e ser o melhor em quadra. Temos que seguir focados e manter a invencibilidade", comentou o jogador carioca. Pela UFJF, o ponta Refatti foi o destaque com nove pontos. A UFJF pagou caro pelos seus carros. O time deu quase um set inteiro ao adversário, errando 20 bolas.  O próximo jogo do time será sábado, às 18h, em casa, contra o Montes Claros Vôlei.