Reajuste a servidores do MPMG passa em 2º turno

Deputados também aprovaram a criação de 1.200 cargos efetivos no Poder Judiciário mineiro

iG Minas Gerais | Gustavo Prado |

Willian Dias
Reajuste de professores deve chegar à Casa nos próximos dias
A Assembleia aprovou, ontem, em segundo turno, o projeto de lei que reajusta os salários dos servidores do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) em 6,49% – retroativo a maio. De acordo com o projeto do procurador geral de Justiça, Carlos André Mariani Bittencourt, o padrão inicial dos vencimentos dos servidores será de R$ 993,25. Ainda segundo o texto, o percentual do reajuste foi calculado considerando o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), no período de maio de 2012 a abril de 2013.Os deputados também aprovaram, em segundo turno, o projeto que cria 1.200 cargos efetivos na secretaria do Tribunal de Justiça e na Justiça de Primeira Instância. Serão 100 cargos de oficial judiciário e 1.100 de apoio judicial. Além disso, o texto ainda cria 16 cargos em comissão. De acordo com a justificativa do projeto, de autoria do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), as novas vagas têm como objetivo continuar o projeto de instalação de novas Varas.O plenário da Assembleia também aprovou, em redação final, três projetos de resolução que garantiram o aval às contas do governador de Minas durante os exercícios dos anos 2006, 2007 e 2008.Prioridades. Segundo o líder de governo na Casa, deputado Bonifácio Mourão (PSDB), o governo de Minas deve enviar nos próximos dias o projeto de lei que trata da fusão das secretarias de Estado – que passarão de 23 para 17. Outra proposta que está próxima de entrar em pauta, segundo Mourão, é a que reajusta o salário dos professores da rede estadual e trata do plano de carreira.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave