Governo demite 66 profissionais do Minas Saúde

Motivo dos desligamentos do canal de TV não foi informado pela Secretaria de Estado de Saúde

iG Minas Gerais | Gustavo Prado |

ALEXANDRE GUZANSHE/O TEMPO
A secretaria de Saúde é controlada por Antônio Jorge de Souza Marques
O governo de Minas demitiu, nesta semana, 66 profissionais do Minas Saúde – canal de TV corporativo que produz material de ensino à distância. Os profissionais eram contratados da Fundação Renato Azeredo e prestavam serviço para o Executivo. Segundo o governo, um novo processo de licitação já está em curso. A demissão em massa pegou os profissionais de surpresa. “Ficou todo mundo assustado. Não foi nada anunciado. Somente informaram que os cortes eram pela questão da contenção de gastos do Estado”, afirmou a jornalista Luciana Gomide. Entre os profissionais, segundo ela, estariam técnicos, jornalistas, radialistas e pedagogos. Em comunicado divulgado pelo grupo dos profissionais demitidos – que estão cumprindo aviso prévio –, eles ressaltam o trabalho desenvolvido pelo veículo. “A educação à distância de qualidade se mostrou uma opção econômica e eficiente para o governo de Minas. Talvez por isso, a notícia das demissões deixa os funcionários do Canal Minas Saúde espantados, não só porque as vidas de vários deles irão sofrer consequências sérias, mas também porque uma iniciativa tão bem sucedida e com grande potencial modificador pode desaparecer em questão de semanas”, diz o texto. Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde não informou o motivo das demissões. “A Secretaria de Estado de Saúde esclarece que o canal Minas Saúde continua no ar e que para isso dispõe de uma estrutura perene formada por 15 servidores. A programação prevista será mantida no ar e as demissões não trarão prejuízo, uma vez que nessa época do ano os cursos à distância ministrados via canal Minas Saúde diminuem em função das férias do público alvo”. A secretaria informou, ainda, que até o fim deste ano o veículo concluirá o processo de migração do sistema analógico para o digital, o que dará mais qualidade à programação.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave