Trabalho conjunto é segredo do Galo

iG Minas Gerais |

Com as ausências no time atleticano, a base está ganhando espaço na equipe principal. Segundo o treinador do time júnior do Atlético, Rogério Micale, o trabalho da base é visto de perto pelo técnico Cuca. “A escolha dos jogadores que sobem para o profissional é uma coisa conjunta. Procuramos trabalhar próximo com o que é feito no profissional para os meninos terem uma resposta satisfatória”, explicou Micale. O treinador ainda citou os jogadores que participaram do jogo contra o Flamengo. “Os que foram para o jogo de domingo são meus titulares, jogadores de confiança”, ressaltou. O jovem meia Dodô ganhou uma chance no jogo de domingo. Micale dá as coordenadas para que o jogador possa evoluir ainda mais. “Ele precisa de mais dinâmica de jogo, maior movimentação. A torcida exige, cobra muito isso. A gente está tentando introduzir isso nele, mas é um jogador técnico, com visão apurada, que pensa muito”, sugere. Micale ressalta a importância dos atletas da base já irem se adaptando ao profissional. “Nós trabalhamos para eles vivenciarem esse tipo de situação, porque o futuro é esse, ver a pressão. Foi importante para eles ver como funciona no profissional e depois voltar para uma realidade sem torcida e imprensa. Isso é trabalhado sempre”, contou Micale. (APM/FA)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave