Textos inspirados ganham ilustrações de Juçara Costa

iG Minas Gerais |

A médica Acely G. Hovelacque afirma que o livro “A Bula da Vida” é um convite às pessoas para que elas usem um precioso medicamento, que é a própria vida. “Ninguém sabe seu prazo de validade, mas a saúde essencial existe no ser, na vida, e o médico é um auxiliar. Tratar doenças e não doentes revela cada vez mais as distorções da realidade, no entanto, cuidar da saúde é mais barato. Combater as doenças é heroico, está relacionado com a guerra, mas a saúde detém a sabedoria da paz, necessita cultivo e estímulo à força da vida. E o que de fato a medicina pode fazer sem a força da vida?”, indaga a médica. O livro é uma fábula, uma poesia, uma ode à vida e à apropriação da saúde, da qualidade de vida, do cuidado, a atenção e delicadeza consigo. O texto lúdico e sábio de Acely ganha força e mais leveza com as belíssimas ilustrações e obras da artista plástica Juçara Costa, que funcionam como um facilitador nesse percurso das dialéticas vida/morte, saúde/doença, eu/outro/coletivo/ todo. A obra traz uma lista de sites e extensa bibliografia para os que desejam conhecer mais sobre as áreas do conhecimento como meditação, saúde, ciência e arte. Enfim, como diz a bula, o livro deve ser mantido ao alcance de todos. (AED)  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave