Borussia Dortmund e Napoli vencem e embolam Grupo F

Pelos critérios de desempate, o Arsenal, que perdeu nesta terça-feira, continua na liderança, seguido de perto por alemães e italianos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

SITE OFICIAL/REPRODUÇÃO
Borussia surpreendeu o Arsenal dentro do Emirates Stadium, em Londres
Considerado uma das chaves mais difíceis desta edição da Liga dos Campeões da Europa, o Grupo F está mostrando que realmente é equilibrado e que as emoções serão enormes até o final desta fase. Nesta terça-feira, pela terceira rodada, tudo ficou igual em seis pontos para três clubes com as vitórias de Borussia Dortmund - que surpreendeu o então 100% Arsenal por 2 a 1, mesmo jogando em Londres - e Napoli, ganhador pelo mesmo placar contra o lanterna Olympique de Marselha, na França. Pelos critérios de desempate, o time da Inglaterra continua na liderança, seguido por alemães e italianos. Na quarta rodada, no próximo dia 6, os duelos serão invertidos. Na Alemanha, o Borussia Dortmund espera contra o Arsenal conseguir a terceira vitória seguida na competição, em que é o atual vice-campeão. E, na Itália, o Napoli contará com sua fanática torcida contra o Olympique de Marselha para se manter firme na luta por uma vaga nas oitavas de final. No Emirates Stadium, em Londres, o Borussia Dortmund não teve medo do Arsenal, foi ao ataque e conseguiu abrir o placar com o gol do meia armênio Mkhitaryan, aos 17 minutos de jogo, após boa tabela pelo meio. O que os alemães não esperavam era tomar o empate pouco antes do intervalo, aos 41, e ainda mais em uma falha de sua zaga. Subotic tentou cortar o cruzamento da direita e tirou a bola das mãos de Weidenfeller. A bola, então, ficou limpa para Giroud só tocar para as redes. Na segunda etapa, o Arsenal tentou imprimir um ritmo mais forte em seu ataque, mas só conseguiu levar perigo para o gol alemão em um chute de Cazorla, aos 25 minutos, que bateu na trave. O Borussia Dortmund também teve a sua chance, aos 37, e não desperdiçou. O centroavante polonês Lewandowski fez o que sabe e aproveitou bem um cruzamento para decretar a importante vitória de sua equipe. Na França, o Napoli também não se intimidou por jogar como visitante. Criou boas chances como uma incrível desperdiçada por Higuaín, aos 32 minutos, em que ficou livre na cara do goleiro Mandanda e chutou para fora. Sua redenção veio aos 42, quando deu uma assistência para o espanhol Callejón abrir o placar. Na segunda etapa, o argentino foi substituído por Zapata e o colombiano marcou um belo gol aos 22 para fazer 2 a 0. O Olympique ainda diminuiu com André Ayew, aos 41, mas insuficiente para o time francês marcar seus primeiros pontos nesta Liga dos Campeões.