Duelo entre Vivo-Minas e Brasil-Kirin vai colocar casal em lados opostos

Oposto Franco, da equipe mineira, namora com uma integrante da comissão técnica paulista. Nesta noite, necessariamente, um lado vai sair derrotado

iG Minas Gerais | daniel hott |

Arquivo pessoal
Franco namora com Amanda há sete meses
Nada de cinema, passeio no shopping ou jantar à luz de velas. A noite desta quarta-feira será bem diferente para o oposto Franco, do Vivo-Minas, e sua namorada Amanda. Os dois serão rivais no duelo entre Brasil-Kirin-SP e Vivo-Minas, que acontece às 20h, no ginásio Taquaral, em Campinas, pela 5ª rodada da Superliga masculina. Recém-contratado pelo Minas, o oposto defendeu o clube de Campinas nos últimos três anos. Foi justamente neste período que Franco conheceu Amanda Barsi, sua namorada há sete meses, que trabalha na comissão técnica do Brasil-Kirin, como responsável pelas estatísticas. Na noite de quarta-feira, o casal vai estar dividido por uma questão profissional e, necessariamente, um lado vai sair derrotado. Franco admite que encontrar a namorada como rival é uma situação estranha, mas não vê escapatória. Quando a bola subir, ele sabe que cada um vai ajudar como puder para buscar um resultado positivo. “Eu quero a vitória do Minas, sem dúvidas. E sei que o desejo dela é que o Brasil-Kirin vença, mas que eu possa ter uma boa atuação. Será difícil nós dois sairmos satisfeitos com o resultado”, comenta o oposto. Antes do duelo, o casal fez algumas brincadeiras sobre esse encontro pouco comum. “Pedi para ela passar as estatísticas erradas durante o jogo, me ajudar de alguma forma. Mas é apenas uma brincadeira. Sei que ela é uma profissional séria, vai buscar o melhor para o clube que defende”, diz. A partida também vai marcar o reencontro de Franco com ex-companheiros do clube e ele espera utilizar o vasto conhecimento em prol do Minas. “Atuei três anos por lá e conheço bem o time. Entendo a filosofia do técnico e sei como a torcida apoia o time em todos os momentos. Vai ser legal retornar e reencontrar muita gente querida”, afirma. Crescimento Franco tem sido titular e feito boas apresentações neste início de temporada. Com a ausência do tcheco Filip, que ainda se recupera de lesão e não estreou nesta temporada, o camisa 19 tem provado seu valor e já anotou 18 pontos em duas partidas na Superliga. “Acho que ainda não apresentei meu melhor pelo Minas, mas, aos poucos, estou me soltando e ganhando a confiança do grupo. Espero me tornar uma boa opção para toda a temporada”, afirma. Até aqui, o Minas venceu as duas partidas que disputou pela Superliga e um novo triunfo nesta noite pode deixar a situação do clube ainda melhor. “Vai ser complicado, jogar em Campinas é muito difícil. Mas temos que mostrar nosso melhor e ver o que acontece”, finaliza Franco.

Leia tudo sobre: vivo-minasfrancosuperliganamoradabrasil kirinvolei