Ausência de Emerson faz Tite treinar com 12 jogadores

A assessoria de imprensa corintiana minimizou situação e garantiu que o jogador ficou na academia realizando um trabalho físico

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

ALÊ VIANNA/AGÊNCIA ESTADO
Tite não quis comentar o comportamento de Emerson no jogo: "assunto interno"
O atacante Emerson não participou do treino do Corinthians, nesta terça-feira, e criou uma nova dor de cabeça para o técnico Tite. Sem o jogador, o treinador trabalhou duas formações diferentes durante um coletivo com campo reduzido e, depois, colocou 12 homens em campo no time titular para uma atividade tática. A assessoria de imprensa corintiana minimizou a ausência de Emerson e garantiu que o jogador ficou na academia realizando um trabalho físico. Mas Tite não parecia nada feliz com o sumiço. Imagens da TV Globo flagraram o treinador irritado, pedindo para que alguém fosse "buscar" o atacante para treinar. No coletivo com campo reduzido, Tite testou o Corinthians de duas formas. Na primeira, Renato Augusto, que voltou ao time no segundo tempo do duelo com o Criciúma após se recuperar de contusão, ocupou a vaga de Edenílson. Depois, no entanto, o volante recuperou a posição e treinou no lugar do meia. Quando mudou o treinamento para um trabalho tático, Tite colocou os dois em campo, deixando a equipe com 12. Essa parece ser a única dúvida do treinador para escalar o Corinthians que enfrenta o Grêmio nesta quarta-feira, em Porto Alegre, em jogo que vale uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil. Quem parece mesmo ter conquistado a posição é o goleiro Walter. Ele voltou a trabalhar entre os titulares na vaga do lesionado Cássio e mais uma vez treinou muitas cobranças de pênalti. Assim, o Corinthians deve entrar em campo contra o Grêmio com: Walter; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto (Edenílson) e Douglas; Romarinho e Alexandre Pato.

Leia tudo sobre: corinthiansausenciaemersonatacantetitetreinodozejogadores