Para Gilberto Silva, possível duelo com Bayern é luta de "Davi contra Golias"

Volante do Atlético também afirmou que preparação para o torneio é a maior da história do clube

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Experiente jogador atleticano, campeão da Copa de 2002, reconheceu a força do Bayern
Após o título da Libertadores, o grande sonho dos torcedores atleticanos é a conquista do Mundial de Clubes, que será disputado no Marrocos, em dezembro. A expectativa, como em todas as edições da competição, é de que a final seja disputada entre os campeões da Europa e da América do Sul, neste ano, entre Bayern de Munique e Atlético. E o zagueiro do Galo, Gilberto Silva, vê esse possível duelo como uma luta entre "Davi e Golias". "Quando você encara um adversário, sempre existe um respeito muito grande, porém, o Bayern, por ser o Bayern, o campeão europeu, vai olhar para o Atlético como mais um time que quer vencer. Logicamente, eles vão ter as informações que precisam. Eles venceram o Barcelona, e nós [Atlético], ainda não estamos no nível do Barcelona. Eles [Bayern], conseguiram esse feito, que muita gente não acreditava que fosse acontecer. Cabe a nós [Atlético] entendermos a nossa realidade, a nossa situação, e enxergar que somos o Davi e vamos enfrentar o Golias. Temos que ser humildes e melhorar no que pudermos de agora para a frente", disse o volante em entrevista à Espn. "Entender a questão do restante do Brasileiro. Essa é, talvez na história do clube, a maior preparação [para uma competição].  É o trabalho para o complemento de um título importante que nós conquistamos no primeiro semestre e que todo mundo está esperando que no final do ano, o Atlético conquiste esse título, e principalmente a torcida do Atlético, que é ansiosa com títulos. Temos esse sonho, assim como a torcida, de conquistar [o Mundial]", completou.

Leia tudo sobre: atleticogalofutebolesportegilberto silvamundial de clubesvolantebayern de munique