Dois homens são presos em flagrante ao arrombar e roubar eletrônicos na Pampulha

Um dos detidos está em liberdade condicional e usa tornozeleira eletrônica, para monitoramento; rede vizinhos protegidos ajudou a ação da polícia

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Dois homens foram presos em flagrante no momento em que deixavam a casa que arrombaram e roubaram, no bairro Paquetá, na região da Pampulha, na manhã desta terça-feira (22). Um dos detidos está em liberdade condicional e usa tornozeleira eletrônica, para monitoramento. De acordo com a Polícia Militar (PM), uma vizinha que sabia que não tinha ninguém em casa, viu dos homens chegarem à rua João Bernardino Santos em um carro vermelho, arrombarem o portão e entrarem na residência. Ela avisou aos donos da casa que acionaram a PM, por meio da “rede vizinhos protegidos”. Os militares se mobilizaram e rapidamente chegaram ao local, deparando-se com um dos homens fechando o portal e o outro já dentro do Celta vermelho carregado. Fábio Cardoso Venturim, de 25 anos, e Gilmar Batista Figueiredo, de 26, foram abordados e contaram à PM que o material que estava no carro não era deles, que passaram pela casa, tocaram campainha e como ninguém atendeu, aproveitaram para roubar. A dupla, que não estava armada, tentou levar três televisores, dois notebooks, três video games, um blu ray com home theater, um HD externo, um ventilador, dois climatizadores, ferramentas, como chaves de fenda, alicate, uma pasta de notebook e uma mala preta. Os dois homens já têm passagens pela polícia e Venturim está em liberdade condicional, usando tornozeleira eletrônica. Segundo o cabo Rodrigo Andrade do 34º BPM, neste caso, foi fundamental a existência da “rede vizinhos protegidos” para que a polícia conseguisse agir rápido. “Eles (moradores) tem o telefone direto da companhia e até dos militares. Assim, fica mais fácil o contato e agiliza a abordagem”, afirmou.