Delegado e policiais são denunciados por cobrar propina para liberar presos

Suspeitos mantinham contatos com exploradores de máquinas caça-níqueis e traficantes; eles exigiam pagamento de propina para liberação de presos e materiais apreendidos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um delegado e cinco policiais civis foram denunciados nessa segunda-feira (21) pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Justiça de Combate ao Crime Organizado de Juiz de Fora, na Zona da Mata, por cobrar propina para liberação presos. Durante as investigações, o MP apurou que, nos anos de 2010 e 2011, na Delegacia Especializada em Tóxicos e Homicídios de Juiz de Fora, havia uma quadrilha formada por um delegado de polícia e cinco policiais civis. Eles mantinham contatos com exploradores de máquinas caça-níqueis e traficantes locais, recebendo e exigindo pagamento de propina para a liberação de presos e materiais apreendidos durante operações policiais, bem como para deixar de constar informações nos inquéritos instaurados na delegacia.  O delegado e os policiais civis foram denunciados pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção passiva.  

Leia tudo sobre: Juiz de Foradelegadopropina