Esquiva Falcão perde e é eliminado do Mundial de Boxe

Brasileiro teve preparação para a competição prejudicada e não estava 100% para disputar o torneio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Reprodução/Facebook
Esquiva Falcão foi derrotado pelo russo Artem Chebotarev
Medalhista de prata nos Jogos de Londres, Esquiva Falcão está fora do Mundial de Boxe de Almaty (Cazaquistão). Nesta segunda-feira, o brasileiro foi derrotado nas oitavas de final da chave dos pesos médios pelo russo Artem Chebotarev, por decisão unânime dos árbitros, e deu adeus à competição nas oitavas de final. Esquiva havia estreado no Mundial sábado, quando derrotou o bielo-russo Vitali Bandarenka por 2 a 1. Na ocasião, saiu do ringue preocupado com o corte sofrido no supercílio, em um choque contra a cabeça do rival. O corte fechou e ele foi liberado pelos médicos para lutar nesta segunda-feira. O brasileiro não havia se preparado bem para o Mundial. Depois da medalha em Londres, ele passou a treinar para lutar no boxe profissional da Aiba (o que não o impediria de continuar entre os amadores). Mas a estreia foi sendo adiada até ser cancelada e Esquiva decidiu lutar o Mundial apesar da preparação prejudicada. Esquiva foi o terceiro dos cinco brasileiros que vão lutar nesta segunda-feira em Almaty pelas oitavas de final do Mundial. Mais cedo, Robenilson de Jesus, terceiro favorito no peso galo também foi eliminado, derrotado por Selcuk Eker, da Turquia, em divisão dividida dos árbitros. Um dos juízes apontou vitória do brasileiro nos três assaltos. Outros dois apontaram que o turco foi melhor em dois rounds. Até o início da rodada noturna em Almaty, a única vitória brasileira no dia foi de Patrick Lourenço. O peso mosca ligeiro (até 49kg) bateu por decisão unânime dos árbitros (30 a 27) o mongol Gan-Erdene Gankhuyag. Segundo cabeça de chave na competição, ele vai enfrentar na quarta o argelino Mohammed Flissi. Se vencer, garante pelo menos um bronze.

Leia tudo sobre: esquiva falcaoboxeesportemundial de boxe